terça-feira, 25 de agosto de 2009

Revistas de noivas - que desperdício!


Gente, que decepção! Comprei uma revista de noivas imaginando que teria dicas sobre como preparar, organizar, lista de presentes, doces, profissionais... enfim, DICAS mesmo, mas só tem fotos de vestidos, ainda por cima com lojas somente de São Paulo. Ora, por que então vendem para o país todo? Deveriam vender somente para o estado citado, já que mesmo que eu queira um daquela loja, é impossível! Ahh, não gostei!!! Até tinha docinhos, mas eram de confeitarias (de São Paulo), nada de dicas de cores ou sabores... propagandas somente.

Tudo bem, é até legal pra termos uma ideia do vestido que queremos, mas não vamos exagerar, casamento é muuuiiito mais do que o vestido, mas já que só tem isso, a revista poderia trazer algo como "o vestido certo pro seu biotipo". Bom, ainda por cima, no outro dia, minha mãe comprou outra revista (mais cara) porque a vendedora disse que tinha muita coisa legal e eram umas 500 páginas. Realmente, são umas 500 páginas... de vestidos e propagandas. Sinceramente, é muito mais útil (e barato), pesquisar só na internet.
Editores de revistas, por favor, se casamento fosse só vestido os nossos problemas estariam todos resolvido. Que falta de criatividade!!!

Um comentário:

Vamos nos casar!!! disse...

Eu comprei várias revistas, apenas uma vez eu consegui apreveitar dicas.
Acho que tudo que encontrei na internet me ajudou muito mais. Acredito que se essas revistas interagissem mais com as leitoras seriam um sucesso de vendas.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Revistas de noivas - que desperdício!


Gente, que decepção! Comprei uma revista de noivas imaginando que teria dicas sobre como preparar, organizar, lista de presentes, doces, profissionais... enfim, DICAS mesmo, mas só tem fotos de vestidos, ainda por cima com lojas somente de São Paulo. Ora, por que então vendem para o país todo? Deveriam vender somente para o estado citado, já que mesmo que eu queira um daquela loja, é impossível! Ahh, não gostei!!! Até tinha docinhos, mas eram de confeitarias (de São Paulo), nada de dicas de cores ou sabores... propagandas somente.

Tudo bem, é até legal pra termos uma ideia do vestido que queremos, mas não vamos exagerar, casamento é muuuiiito mais do que o vestido, mas já que só tem isso, a revista poderia trazer algo como "o vestido certo pro seu biotipo". Bom, ainda por cima, no outro dia, minha mãe comprou outra revista (mais cara) porque a vendedora disse que tinha muita coisa legal e eram umas 500 páginas. Realmente, são umas 500 páginas... de vestidos e propagandas. Sinceramente, é muito mais útil (e barato), pesquisar só na internet.
Editores de revistas, por favor, se casamento fosse só vestido os nossos problemas estariam todos resolvido. Que falta de criatividade!!!

Um comentário:

Vamos nos casar!!! disse...

Eu comprei várias revistas, apenas uma vez eu consegui apreveitar dicas.
Acho que tudo que encontrei na internet me ajudou muito mais. Acredito que se essas revistas interagissem mais com as leitoras seriam um sucesso de vendas.